Hospital de Base do DF, pacientes sofre com falta de insumos, equipamentos e profissionais

Justiça determina 10 dias pra que o governo cumpra as exigências.
Das 16 salas de neurocirurgia do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) apenas 3 estão em funcionamento.

O hospital é o mais importante da capital , a situação e critica com a falta de insumos, equipamentos e profissionais para a realização de cirurgias.

Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), divulgou que cresceram as  mortalidade e as complicações em pacientes internados.

Por causa da situação crítica, a Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus) e o Ministério Público de Contas do Distrito Federal (MPC-DF) recomendaram ao governador do DF, Rodrigo Rollemberg; ao secretário de Saúde, Fábio Gondin; e outras autoridades do setor que tomem providências e garantam o funcionamento adequado da área. O governador tem 10 dias para apresentar uma explicação caso não consiga cumprir as exigências.

No documento, as instituições recomendam que o GDF adquira, imediatamente, todos os equipamentos necessários para normalizar o funcionamento da neurocirurgia do hospital e garantir o bem estar dos pacientes. A orientação se estende também à contratação de profissionais. O executivo terá que nomear neurocirurgiões, anestesiologistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem aprovados em concurso público.

Fonte: Correio Brazilienze

Deixe uma resposta