Maternidade do Rio pode ter causado morte de 7 bebês, por descaso

Caos na saúde do Rio, bebes estão morrendo por descaso.
As paciente estão entrando na maternidade municipal Leila Diniz em trabalho de parto, estão sendo mal atendida, nos casos de emergência  não esta sendo feito as cirurgia e 7 bebês já morreram.
O descaso no atendimento público de saúde na maternidade municipal Leila Diniz, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, contribuiu para a morte de sete bebês entre os dias 30 de dezembro e 3 de janeiro.

A filha de Sidirléia Nascimento nasceu sem vida porque, segundo ela, quando procurou o hospital com contrações, pediram que ela tomasse remédio para dores abdominais em casa. Outros pacientes também alegaram maus-tratos.

A mulher de Alexandro Silva foi internada no dia 28 de dezembro e o parto deveria ter sido feito no máximo até dia 29, porque a mulher estava com 42 semanas de gravidez. Só no dia 31 a levaram para a sala de parto. Segundo a mãe da moça, houve maus-tratos.

— Minha filha foi maltratada até no centro cirúrgico. Chamaram ela de obesa e falaram que teria que dar anestesia de cavalo.
A maternidade Leila Diniz informou que as mortes que aconteceram serão investigadas por uma comissão de óbitos e por sindicâncias abertas para apurar o ocorrido.

Fonte: R7

Deixe uma resposta